Hoje tive A PIOR NOITE DE TODAS com a amamentação. 

💜
sexta-feira, 28 de julho de 2017




Faço cama compartilhada e o bebê queria ficar me beliscando. Chorava, chorava incansavelmente porque eu coloquei o sutiã para ele parar de me machucar. Não, não era mamar que ele queria, era ficar ficando aquela mini unha em mim! Não dormi, ele chorou a noite toda. Mamou pouco, chorou muito, e eu fiquei ali do lado, cansada.. exausta! Chorando também. Eu não estava desmamando ele, mas era o que parecia.. nada gentil, nada respeitoso.. para nenhum de nós! Aquela dor me consumia! Será que deixo ele me beliscar para ele sofrer menos?? Mas EU estou MACHUCADA com isso. Não, não posso fazer isso. Eu fiquei perdida. Angustiada e exausta. Então falei para ele o que eu estava sentido, no ouvido, bem baixinho. Pedi que ele me ajudasse. Pedi que ele me perdoasse e ao mesmo tempo me entendesse. Pedi, quase implorei. "Não chora, não sofre, está tudo bem." Mas eu chorava também! Não costumo pedir pros meus filhos não chorarem, sempre estimulo que expressem suas emoções. Mas não naquele momento. Eu não aguentava aquele choro mais. Eu, minha saúde mental, pedia silêncio. Então foi o que eu pedi, desesperada e com culpa, pro meu bebê de um ano e quatro meses nessa noite. Perdão e silencio. Eu não podia mais. Eu não aguentava mais. Chorando, pedi que ele não chorasse. Pedi o impedível! E ele me ouviu. E o choro cessou. E nós dormimos. Mas já era hora do pai acordar pro trabalho. Já era a hora que o mais velho levanta. Já não era mais hora de dormir. Ele dormiu. E eu precisei levantar chorando por dentro, exausta, precisei levantar. 


Desde então estou pensando nas milhares de mães que em dias como esses precisam de se arrumar e ir ser produtivas nos trabalhos de vocês. Eu ADMIRO MUITO vocês! Eu trabalho em casa, e já é bem difícil pra mim, que posso ficar de camisão e short e quem sabe tirar um cochilo entre meus afazeres do dia. Então fica aqui o meu BEIJO e a minha ADMIRAÇÃO pois nós muitas vezes temos turnos e turnos seguidos e jornadas diferentes de trabalhos diferentes, importantes, difíceis e quase sempre bem desgastantes. 


Fiquei lembrando do post da Mamãe Tagarela e quantas mães vieram aqui criticar o desmame noturno que ela fez. NUNCA FAÇAM ISSO!! Cada mãe sabe a noite que tem, a vida que leva e até onde consegue ir para ter sua saúde emocional cuidada! 


NÃO PODEMOS JULGAR! Precisamos dar mais colo, porque tem muita mãe por aí precisando!

Deixe Seu Comentário
Postar um comentário

Assinatura

Assinatura