100 perguntas que vão dar o que falar

💜
quinta-feira, 2 de junho de 2016
Você conhece as 100 perguntas que vão dar o que falar? 

Esse semana um jornal me ligou pedindo que eu desse minha opinião profissional sobre as 100 perguntas baseado no novo projeto "100 perguntas que vão dar o que falar" do Todos Pela Educação. Fiquei super interessada e apaixonei pelo projeto! A ideia é simples: ideias de perguntas para fazer às crianças ao longo dos anos, com espaço para anotar as respostas e comparar de tempos em tempos. 



É interessante, portanto, que se faça perguntas que gerem respostas mais elaboradas do que "bem" ou "foi bom", para realmente "dar o que falar", e as respostas terem um conteúdo que possibilite uma comunicação mais profunda, e uma compreensão melhor de quem aquela criança é, o que gosta e o que está se passando na sua vida. Além de fazer a criança se sentir mais amada, dá aos pais outra dimensão da realidade da criança, além de possibilitar um conhecimento mais claro de quem aquela criança é.

E deve-se ter o hábito de conversar com os filhos desde bebê , mas uma conversa de pergunta e resposta mais complexa será possível a partir da aquisição da linguagem verbal, entre dois anos e meio e três. É também quando a criança tem maior consciência de "eu" e sabe mais o que pensa, o que gosta, como está, etc. 

As perguntas estão inspiradas em grandes temas.. sentimentos, educação, cultura.. e acho interessante que se faça pelo menos uma pergunta de cada, para ter uma compreensão mais geral da criança. Perguntas como "o que te faz feliz hoje?", "se você pudesse tirar uma coisa do mundo, o que seria?" ou "Quem é seu melhor amigo? O que você mais gosta nele?"
Quando fazemos terapia com adultos, percebemos o quão desamparados eles foram enquanto crianças, como seus pais sabiam pouco do que se passava em suas vidas, e quem realmente eram. 

Hoje, vejo uma importância enorme em promover projetos como esse, que verdadeiramente conectam pais e filhos, possibilitando maior amparo e carinho na vida das crianças.

Se interessou? Veja mais aqui!
Deixe Seu Comentário
Postar um comentário

Assinatura

Assinatura