Diferença de Parentalidade Consciente para Expectativa Irreal da Parentalidade.

💜
quarta-feira, 18 de maio de 2016
O Post PsiMama inédito de hoje é sobre a Parentalidade real. 

Diferença entre a Parentalidade Consciente e a Expectativa Irreal da Parentalidade

Existem uma enorme diferença entre a Parentalidade Consciente e a Expectativa Irreal da Parentalidade. 

Isto é, podemos buscar, estudar, entender, mas não podemos esperar (nem demandar) demais de nós mesmos, por que somos humanos. 

Então precisamos entender que estar em constante análise é exatamente o que diferencia se algo está acontecendo por que estamos desconectados, ou por que estamos simplesmente sendo pais dentro das limitações de nossas possibilidades. 

Será que em determinado momento foi difícil por que eu poderia estar lidando de outra forma? Ou foi difícil por que é difícil mesmo? 

Aí moram dois perigos muito comuns. O primeiro é relegar todas as dificuldades à "ter filhos é difícil mesmo" e passarem desapercebidas oportunidades de fazer diferente. 

O segundo é de se sentir um fracasso e triste nos vários momentos que serão difíceis, não importa o que se faça. 



Para compreender a diferença entre eles, e não cair em nenhum dos dois extremos, é importante estar em constante análise. Analisar-se, principalmente: como eu estou? Como me sinto? Por quê?

Entender que sua saúde emocional e, principalmente, sua conexão com sua verdade interior são, ambos, absolutamente essenciais para exercer a Parentalidade com mais qualidade e menos stress.

Outro ponto primordial para tal é saber se perdoar e aceitar seus próprios limites. Entender até onde pode ir, qual o seu máximo,  respeitar não ter conseguido certas coisas em certos momentos, e se perdoar sempre. 

Ter MUITO carinho e respeito consigo mesmo GARANTE que você terá muito carinho e respeito sempre com o resto do mundo. 

Com auto compreensão, auto perdão e
constante análise, a Parentalidade fica mais leve, ter filhos fica mais gostoso, e curtir os bons momentos fica delicadamente mais fácil. 

Para não deixar de agir em momentos em que se possa, e ficar tranquilo em momentos que não há nada que se possa fazer. 

Se dê um beijo e um abraço mental sempre! Rs 

Isso muda o mundo!

💚

#PsiMama
Deixe Seu Comentário
Postar um comentário

Assinatura

Assinatura